O movimento de democracia financeira

From Matterpedia
Jump to navigation Jump to search

Receitas:

Doação de até 10% da renda (trabalhadores) como forma de ativismo.

Doação de no mínimo 10% do lucro (corporações) como forma de preencher sua obrigação social de democratizar o dinheiro.

Estas doações devem ser direcionadas para pessoas que mais precisam de dinheiro. Isto pode ser feito de forma direta -- diretamente para pessoas específicas -- ou através de organizações que fazem a distribuição.

Podemos caracterizar isto como a participação no movimento de democracia financeira.

A democracia monetária é uma especialização do conceito de democracia financeira. É a criação de sistemas monetários -- novas moedas -- com mecanismos de distribuição embutidos: moedas democráticas. Moedas democráticas "se pagam" para as pessoas, diretamente. Desta forma, injetar valor, capital, fundos, suporte em um sistema monetário democrático é uma maneira de implementar a democracia financeira. Injetar dinheiro não-democrático em sistema de dinheiro democrático, como reserva ou fundo permanente, é uma maneira de distribuir dinheiro, capital, poder de troca. É uma maneira de não só distribuir dinheiro através de outro dinheiro, mas uma maneira de substituir a metáfora do dinheiro em si: trocar a hegemonia do dinheiro não-democrático, não-distributivo, pelo dinheiro democrático.